Atividade B

Upcycling: construir um brinquedo, utilizando REEE

2º escalão: alunos de escolas de 2º e 3º ciclo

Trabalhos Publicados

Escola Básica São João de Deus (Montemor-o-Novo)

Construir um brinquedo com reutilização de um REEE foi o desafio proposto aos alunos do 5ºano turma F da Escola Básica S. João de Deus de Montemor-o-Novo.
Foi pedido aos alunos a criação de um brinquedo original em que a criatividade predominasse , podendo esse brinquedo ser inclusivamente utilitário .
Surgiram muitas ideias, mas o consenso foi para a criação de um brinquedo ótico nomeadamente uma câmara escura.
Estava decidido, mas como o fazer? Eis que surge a ideia de utilizar a caixa de uma televisão.
Todos concordaram e foi começar a trabalhar, tivemos a ajuda da CEPSE com a Joana e o Rodolfo- coletivo fotograma 24.
Gostamos tanto da experiência que fizemos mais brinquedos óticos – zootrope, em que a animação é feita através de 12 fotografias tiradas a partir da câmara escura criada.
Pretende-se expor em diversos locais da nossa escola na Semana do Ambiente, que decorre de 11 a 14 de Junho.
Achamos que toda a comunidade escolar vai gostar e vai ficar surpreendida com ideia e assim respondemos ao desafio Upcycling: constrói um brinquedo, da Geração Depositrão e desta forma contribuímos mais um pouco para a sustentabilidade do planeta.

Descrição dos materiais utilizados:

Foi utilizada uma televisão, à qual foi retirado todo o" recheio" ( material elétrico e audiovisual ), de modo a ficarmos só com a caixa, que foi trabalhada com ferramentas de trabalho indicadas para o efeito , aplicação de uma lupa, recurso a colas e fita isolador e papel vegetal .

Idade dos alunos:

10 anos

Envolvimento dos alunos:

Os alunos trouxeram alguns REEE's de casa , mas o empenho revelado pela construção de um brinquedo ótico em câmara escura , foi um delírio total. Colocar a "televisão" numa janela e ver os colegas a brincar no pátio através da câmara foi um fascínio.. Os alunos adoraram a experiência que acabamos por construir outras câmaras escuras.